VEJA AS NOVIDADES

7 de setembro de 2013

Abatedouros públicos da Paraíba podem fechar por falta de higienização e Conselho prevê importação de carne.

Uma vistoria realizada pelo Conselho Regional de Veterinária da Paraíba verificou que todos os abatedouros que estão sob administração pública estadual correm o risco de serem fechados. A análise foi feita após uma denúncia da Defesa Agropecuária do Estado.

Segundo o presidente do Conselho Regional de Veterinária, Domingos Lugu, nenhum matadouro do estado apresentou exigências mínimas para funcionamento. “Falta higiene e falta estrutura física nos locais”, disse Lugu.

Ele afirmou ainda que não é feita a fiscalização necessária nos locais, uma vez que o quadro de agentes sanitários não atendem a demanda de todo território da Paraíba. “A situação é preocupante, pois caso nenhuma providência seja tomada não teremos mais nenhum matadouro público no estado e teremos que passar a importar carne”, alertou.

Ainda segundo o presidente, com a ausência de higienização nos locais, as carnes provenientes destes matadouros, correm há riscos de contaminação, uma vez que não se sabe a procedência dos animais e se eles foram vacinados. Atualmente, 24 abatedouros públicos funcionam na Paraíba e nenhum destes teriam condições de estar exercendo suas funções. Também foram vistoriados quatro matadouros privados. Destes, apenas um foi notificado pelo Conselho.

Os estabelecimentos foram notificados pelo Conselho Regional de Veterinária. De acordo com Domingos Lugu, uma nova vistoria será realizada dentro de um prazo de 30 e 60 dias. Caso a situação não seja regularizada, o Ministério Público será acionado para que um mandato de interdição dos locais seja expedido.

Fonte: Portal Correio