VEJA AS NOVIDADES

9 de outubro de 2013

Preso confecciona máscara com semelhanças faciais de agente para fugir de presídio.

O serviço de inteligência da Secretaria da Administração Penitenciária da Paraíba (Seap) encontrou Ontem (8), dentro de uma das celas do Presídio Padrão de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, uma máscara feita de sabão neutro e sabonete. A máscara tinha formas e semelhanças faciais de um agente penitenciário da unidade.

Segundo o secretário de Administração Penitenciária, Walber Virgolino, há pouco mais de um mês a Seap recebeu a informação sobre um plano de fuga de detentos. As investigações se aprofundaram e, nesta terça, os agentes fizeram um pente fino em uma das celas, onde a máscara foi encontrada.

O detento, que cumpre pena por assalto, foi identificado. Ele nega que o objeto fosse utilizado para fugir. “O apenado disse que a máscara era para homenagear o agente e não para fugir. Mas, vamos abrir uma sindicância para investigar o caso. A máscara é muito semelhante com o rosto do agente”, disse o Wallber Virgolino.

O secretário informou que, caso confirme o plano de fuga, o detento poderá ser responder pelo crime. Porém, Virgollino adiantou que o presidiário deve ser matriculado em um curso de artesanato. “Pela habilidade dele com o artesanato, pode entrar em um curso de ressocialização e começar a mostrar seu trabalho na área".

A máscara foi encaminhada para o Instituto de Polícia Científica (IPC) de João Pessoa. 

O agente que teve o rosto copiado na máscara confeccionada pelo preso não quis se identificar. No presídio estão cerca de 150 apenados.