VEJA AS NOVIDADES

27 de novembro de 2013

Procon-PB orienta os consumidores sobre Black Friday nesta sexta (29) .

Nesta sexta-feira (29), grandes redes que atuam no comércio eletrônico participam de um dia de mobilização de vendas conhecido internacionalmente como Black Friday. Com promessas de preços mais baixos, os sites focam principalmente nos eletrônicos, tais como computadores, celulares, tablets e eletrodomésticos.

Para evitar transtornos, o Procon-PB orienta que os consumidores fiquem atentos, pois já houve a constatação - pelos Procons de todo país - da prática da maquiagem de preços, ou seja, as empresas aumentam previamente o valor dos produtos para oferecer “descontos” no momento da realização da promoção.

Além disso, o secretário executivo do Procon-PB, Marcos Santos, alerta que os consumidores pesquisem antes de comprar, inclusive, em lojas físicas, pois podem ser encontrados preços e condições de pagamento mais atraentes. “É importante também que antes de efetuar a compra o consumidor avalie se é realmente necessário adquirir o produto neste momento, evitando as compras por impulso”, aconselhou.

Por precaução, antes de realizar qualquer compra, é importante que o consumidor verifique a "lista negra" em todo Brasil, que informa quais as empresas que operam no comércio eletrônico e possuem muitas queixas junto aos Procons. A lista pode ser acessada na página do Procon-PB na internet: www.procon.pb.gov.br.

Outro cuidado importante é ler a política de privacidade da loja virtual para saber quais compromissos ela assume quanto ao armazenamento e manipulação de seus dados e imprimir ou salvar todos os documentos (telas) que demonstrem a compra e confirmação do pedido (comprovante de pagamento, contrato, anúncios, etc.).

“Lembramos ainda que nas compras realizadas através do e-comerce é garantido ao consumidor o direito de arrependimento em até sete dias, contados do recebimento do produto, sem nenhum ônus para o consumidor”, acrescentou Marcos Santos.

No caso de problemas, seja no prazo de entrega, seja por vício (defeito) do produto adquirido, a orientação é entrar em contato imediatamente com o fornecedor. Não resolvendo o problema, deve-se entrar em contato com o Procon mais próximo de sua cidade. A sede do Procon-PB funciona no Parque Solon de Lucena, 234, no Centro de João Pessoa.

Fonte: Secom