VEJA AS NOVIDADES

4 de dezembro de 2013

Caravana da Saúde da ALPB visita hospital de Itabaiana.

Os deputados participantes da Caravana da Saúde da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) fiscalizaram, ontem (3), o Hospital Sebastião Rodrigues de Melo, localizado no município de Itabaiana. A visita aconteceu depois da vistoria realizada no Hospital Geral de Itapororoca e resultado obtido pelos parlamentares sobre as condições no atendimento serão encaminhadas através de um relatório para a Secretaria Estadual de Saúde e para o Ministério Público do Estado (MPPB).

Durante a fiscalização a deputada Olenka Maranhão (PMDB) criticou a falta de manutenção da estrutura física do hospital e a paralisação das cirurgias eletivas, já que a estrutura foi construída com a finalidade de atender como centro cirúrgico.
“É uma estrutura boa e bem concebida, mas está padecendo de manutenção. O que vemos é uma precariedade. Hoje mesmo nós constatamos que não estão realizando nenhuma cirurgia eletiva. Em resumo, está funcionando como uma simples maternidade”, disse a deputada.

Outro problema constatado após a fiscalização foi a falta de contratação e o pagamento de salário dos funcionários.  ”Escutamos reclamações de trabalhadores no que diz respeito ao recebimento de proventos, inclusive pontuando que muitos sequer têm direito a receber o décimo terceiro, mesmo prestando seu serviço mensal. outra dificuldade é na área estrutural do prédio, no que diz respeito à conservação. É preciso que haja limpeza e o governo necessita mandar dinheiro para essa manutenção”, falou o deputado Gervásio Maia (PMDB).

De acordo com o diretor administrativo do Hospital de Itabaiana, João Batista, há mais de um ano não acontece nenhuma contrataçãocaravana da saúde2 de médicos e enfermeiros no local. Apenas algumas substituições. “Além do mais aqui nós não temos UTI, o que faz com que seja necessária a transferência do paciente”, explicou.

Mesmo com a necessidade de transferir os casos mais urgentes que chegam ao hospital que atende a população de 13 municípios, a ambulância que faz o trabalho é emprestada, pois o veículo pertencente está quebrado e há um bom tempo não voltou do concerto. “Há 90 dias eu fiz uma visita neste mesmo hospital e constatamos uma série de  dificuldades desde a questão da manutenção até a falta de lençóis e materiais de higiene. Hoje, apesar da melhoria dos materiais, sentimos falta da ambulância, pois quando foi inaugurado havia duas funcionando e agora o atendimento é feito com uma emprestada”, destacou o deputado Trócolli Júnior (PMDB).

Os deputados Toinho do Sopão (PEN) e Raniery Paulino (PMDB), que também participaram da visita, ressaltaram a participação e necessidade do Poder Legislativo em cumprir o seu papel de fiscalizar e de acompanhar o funcionamento e cobrar soluções para os problemas encontrados na saúde do Estado da Paraíba.

Texto: Alexandre Kito
Foto: Assessoria de Toinho do Sopão