VEJA AS NOVIDADES

17 de janeiro de 2014

Gasolina varia em 10,8% na Capital; litro pode ser encontrado de R$ 2,69 a R$ 2,98.

Quarenta postos de João Pessoa reajustaram os preços cobrados na gasolina no início deste ano. A variação no preço do litro da gasolina comum chega a 10,8%, com a média de R$ 2,801.

O menor preço foi encontrado no Posto Opção (BR-101, entrada do Engenho Velho), a R$ 2,69. O maior foi no Posto Pichilau (Cristo), a R$ 2,98. Em relação à gasolina aditivada, a variação é de 8,3%. O menor valor é praticado no Posto Expressão (Bessa), de R$ 2,759, e o maior no Posto Kennedy (Bessa), de R$ 2,989.

Em relação ao etanol, seis postos aumentaram os valores cobrados, 31 baixaram e 55 mantiveram os mesmos preços praticados na pesquisa anterior. Dos seis postos que aumentaram o valor cobrado pelo litro do álcool, apenas dois ultrapassaram R$ 0,03 por litro e 31 baixaram em média R$ 0,08.

A variação no preço do litro do etanol chega a 19,1%. O menor preço é encontrado no Posto Opção (BR-101, entrada do Engenho Velho), de R$ 2,09, e o maior no Posto Big Tambaú (Avenida Epitácio Pessoa), de R$ 2,49.
O diesel teve reajuste em 27 postos, baixa em 12 e manutenção dos preços em 33. A variação é de 14,3%. O menor valor é encontrado no Posto Metrópole (Avenida Epitácio Pessoa), de R$ 2,23, e o maior R$ 2,549, encontrado no Posto Quadra Mares (Manaíra).

O gás natural apresentou variação de 5,6%.Não houve aumento no preço do produto.

Apenas um posto baixou o valor cobrado pelo metro cúbico e 12 mantiveram. O menor preço é encontrado no Maxi Posto (BR-230, próximo as Três Lagoas), de R$ 1,799, e o maior no Posto Ataíde Bezerra (Torre), de R$ 1,899.

A primeira pesquisa de preços de combustíveis de 2014 realizada pelo Procon de João Pessoa (Procon-JP) em relação ao levantamento anterior realizado em 3 de dezembro, constatou que em outros 40 postos houve redução de preço e em outros 18 os valores foram mantidos.

A nova pesquisa foi realizada no dia 15 de janeiro em 98 postos que estão em atividade na Capital paraibana.

Fonte: Portal Correio