VEJA AS NOVIDADES

19 de fevereiro de 2014

PAC 2 só tem 30% das obras concluídas na Paraíba.

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), do governo federal, completa 3 anos com 532 ações, previstas para o período de 2011-2014, concluídas na Paraíba, no total de 1.810, o que representa cerca de 30%. O balanço foi apresentado ontem pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior. No país, ela registrou a conclusão de 82,3% das ações com empreendimentos que atingiram R$ 583 bilhões em obras de infraestrutura de energia, logística, social e urbana até 30 de dezembro de 2013. O resultado é 19,4% maior que o obtido no balanço anterior, de R$ 488,1 bilhões.

Na Paraíba, as 532 ações concluídas são nos seguintes eixos: Água e Luz para Todos (66), Transportes (14), Energia (6 ), Comunidade Cidadã (134), Minha Casa, Minha Vida (198) e Cidade Melhor (114). Ainda de acordo o relatório do ministério, 126 ações ainda estão em fase de execução na Paraíba. O restante está em processo de licitação do projeto ou da obra, ou em fase de contratação.

O balanço revela que, em João Pessoa, 16 empreendimentos federais foram concluídos. Dentre eles, a duplicação da BR-101 no trecho entre João Pessoa, Bayeux, Santa Rita e Lucena, no valor de R$ R$ 75,6 milhões. Já em Campina Grande, são 22 ações, entre elas, melhorias no Aeroporto João Suassuna, elaboração de Plano de habitação e ampliação de seis Unidades Básicas de Saúde.

O secretário estadual do PAC, Ricardo Barbosa, disse que a média de obras concluídas pelo governo da Paraíba em parceria com a União é superior aos 30% e nos próximos dias ele irá apresentar os novos dados.

“O problema é que em muitos municípios o nível de conclusão é baixo e repercute no Estado como todo, mas o governo já concluiu muitas obras”, explicou Ricardo, acrescentando que a maior obra do PAC é Vertente Litorânea, que inclui o canal Acauã-Araçagi, com mais de R$ 1 bilhão de investimentos.

No rol dos 532 empreendimentos considerados pelo Ministério do Planejamento como concluídos no Estado, o governo federal inclui até mesmo equipamentos como os caminhões-caçamba, as motoniveladoras e retroescavadeiras distribuídos aos municípios para recuperação de estradas vicinais. Ainda na área de transportes, também estão entre os empreendimentos concluídos ações de manutenção, sinalização e controle de velocidade e estudos e projetos executados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Um dos eixos prioritários do governo federal, o programa Minha Casa, Minha Vida contabiliza além dos financiamentos habitacionais, a urbanização de assentamentos precários em um total de 97 empreendimentos, em vários municípios paraibanos, a maior parte para elaboração de plano local de habitação.

BRASIL

No país, o Ministério do Planejamento informou que a execução global do PAC 2 atingiu R$ 773,4 bilhões, até 31 de dezembro do ano passado, 76,1% do orçamento previsto para o período. O desempenho do PAC 2 no ano passado, de R$ 301 bilhões, foi 12% maior do que no ano anterior (2012). A análise das ações monitoradas nos eixos transportes, energia, mobilidade urbana, luz para todos e recursos hídricos mostra que 43% das ações estão concluídas, 46% são consideradas como apresentando ritmo adequado, 7% merecem atenção e 4% estão em situação preocupante.

Fonte: Jornal da Paraíba