VEJA AS NOVIDADES

13 de fevereiro de 2014

Tom Maroja desiste de pré-candidatura para deputado e lança seu nome para prefeito em 2016.

 O ex-prefeito de Juripiranga, Tom Maroja, reuniu cerca de cinquenta pessoas em sua casa no dia 1º de fevereiro, para informar aos correligionários que não será mais candidato a deputado estadual. O alto custo da campanha foi o motivo maior da desistência, segundo fontes que estiveram na reunião. “Serei candidato a prefeito de Juripiranga em 2016”, anunciou Tom Maroja, explicando que seu relacionamento com o atual prefeito Paulo Dália “é parecido com o de Cássio e o governador”. Tom Maroja ainda sinalizou que mantém o apoio político ao ex-governador e atual senador Cássio Cunha Lima, “seja qual for o cenário político na disputa deste ano”.

O atual prefeito Paulo não fez nenhuma declaração a respeito do fato, mas assessores próximos informaram que ele está tranquilo, “tocando a gestão sem envolvimento político porque ele é um técnico, e nesse sentido é muitas vezes melhor do que foi Tom Maroja”, disse um dos assessores.

O que não falta nesse caso, assim como tudo o que envolve o nome do ex-prefeito, é um pouco de polêmica e muita especulação. Nos bastidores, o que se comenta é que o verdadeiro teor da decisão tem a ver também com a recusa do atual prefeito Paulo Dália em disponibilizar a máquina pública para a campanha. Outros comentam que o partido de Maroja teria se comprometido a repassar um montante em dinheiro para ajudar a bancar os custos e não estaria disposto a cumprir com a negociação.

Com a desistência de Tom Maroja, não se sabe ao certo quem será o nome apoiado por ele para a disputa ao cargo de deputado estadual na região.

Fonte: Tribuna do Vale Online
Imagem: Blog Itabaiana Hoje