VEJA AS NOVIDADES

4 de abril de 2014

Prefeitura de Sapé emite nota de esclarecimento sobre a Operação Papel Timbrado.

A Prefeitura de Sapé emitiu há pouco uma nota a imprensa demonstrando bastante tranqüilidade em relação a Operação Papel Timbrado que teve à frente o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB), em parceria com o Ministério Público Federal (MPF), Controladoria Geral da União (CGU), Tribunais de Contas do Estado (TCE) e da União (TCU), pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica e Polícias Civil e Militar da Paraíba.onde sessenta e três mandados de busca e apreensãoexpedidos pela Justiça do Estado da Paraíba.Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas sedes das Prefeituras de Alhandra, Cabedelo, Sapé, Mari, Mamanguape, Barra de São Miguel, Cacimba de Dentro, Caaporã, Salgado de São Félix e Solânea, de 15 empresas da construção civil e nas residências dos sócios e também em escritórios de contabilidade, envolvidos em um esquema de fraudes em licitações e lavagem de dinheiro.

Confira a nota da Prefeitura de Sapé:

NOTA OFICIAL

A Administração Municipal de Sapé vem, em respeito à população, prestar esclarecimentos sobre a operação “PAPEL TIMBRADO” realizada pelos órgãos de controle, Tribunal de Contas da União, Controladoria Geral da União, Ministério Público Estadual e Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, ocorrida hoje no município de Sapé com o objetivo de coletar os documentos relacionados à administração municipal no período de 2011 e 2012 na qual estão sendo investigadas as empresas Dubai, Safira, Santa Fé, Esparta, Cristal e RLA.

Aproveitamos para tranquilizar nossa população, pois a Gestão Atual tem zelo com os recursos públicos municipais e respeito a todos os Sapeenses.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAPÉ

Fonte: SECOM-SAPÉ