VEJA AS NOVIDADES

18 de junho de 2014

Espanha vive maior vexame de campeão defendendo o título da história.

A história das Copas já viu quatro seleções campeãs caírem na primeira fase no Mundial em que defendiam
seu título. Mas a eliminação da Espanha nesta quarta-feira após duas derrotas para Chile e Holanda é o maior vexame da história, a eliminação mais precoce.

A seleção que levantou seu primeiro título mundial há quatro anos na África do Sul já não tem mais chances de avançar à próxima fase no Brasil, mesmo tendo uma partida a disputar.

Todos os campeões que viveram situação parecida conseguiram resultados melhores nos dois primeiros jogos e ainda tinham chances de classificação no terceiro. Os últimos Mundiais têm visto isso acontecer com bastante frequência.

É o caso da Itália que defendia o título na Copa passada. A equipe também foi eliminada na primeira fase, mas conseguiu dois empates nos dois primeiros jogos e chegou com chances ao terceiro (acabaria perdendo e concretizando o vexame).

A França em 2002 também caiu na fase inicial, mas conseguiu um empate e uma derrota nos dois primeiros jogos e só seria eliminada no último.

O Brasil em 1966 saiu precocemente, embora tenha vencido seu jogo de estreia. A eliminação só veio no terceiro duelo, uma derrota para Portugal.   

E finalmente a Itália em 1950 saiu da disputa mais cedo, mas pelo menos conseguiu uma vitória nas duas partidas que fez no torneio.

Irreconhecível no Brasil, a Espanha de 2014 fez uma competição terrível e foi eliminada na derrota por 2 a 0 para o Chile. Antes já havia perdido de 5 a 1 para a Holanda.

Fonte: Uol.com