VEJA AS NOVIDADES

30 de junho de 2014

Ricardo exonera mais de 20 auxiliares do vice-governador.

O governador Ricardo Coutinho (PSB) exonerou 23 servidores do gabinete do vice-governador Rômulo Gouveia (PSD). As exonerações foram publicadas no Diário Oficial do Estado de sábado (28), um dia após o rompimento entre Rômulo e Ricardo e adesão do PSD à pré-candidatura do senador Cássio Cunha Lima ao governo. Além dos auxiliares de Rômulo, o DOE traz outras 25 exonerações de servidores ligados a órgãos da administração direta e indireta, como a Secretaria de Estado do Governo e a Secretaria de Interiorização da Ação do Governo, além do Projeto Cooperar e da Delegacia da Junta Comercial de Campina Grande

A lista dos auxiliares exonerados inclui chefe de gabinete; secretário particular; gerentes de planejamento, de administração e de promoção social; assessores de gabinete, técnicos, de imprensa e para assuntos parlamentares; agente de programas governamentais e motoristas.

Ontem, durante a convenção do PSDB, Rômulo falou sobre a exoneração dos auxiliares. “Ele exonerou meus assessores, recolheu as viaturas, tirou o meu celular, mas não tira a minha dignidade e o meu respeito. Ele fez tudo isso porque não aceitei negociatas, nem compor com seus interesses, seus caprichos e suas vontades”, disse, em tom emocionado, durante discurso na convenção do PSDB.

De acordo com o secretário de Comunicação do Estado, Luís Tôrres, o governador “tomou uma atitude que corresponde às prerrogativas que ele tem”. Ele acrescentou que a decisão de exonerar os auxiliares de Rômulo seria para “evitar correr o risco de o vice-governador usar a estrutura do governo para se eleger deputado federal”. Questionado sobre como o vice-governador exerceria as suas funções sem a estrutura de pessoal, ele retrucou: “E ele quer exercer funções de vice-governador?! Sem acreditar no governo que 'representa'?!”.

Fonte: Jornal da Paraíba