VEJA AS NOVIDADES

6 de agosto de 2014

Eduardo Campos será o primeiro candidato a falar no horário eleitoral de rádio e TV.

A propaganda eleitoral no rádio e na televisão vai ser inaugurada no dia 19 com o candidato do PSB a presidente da República, Eduardo Campos. A ordem dos candidatos foi definida na noite desta terça-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por sorteio. Nos dias seguintes, outros candidatos vão iniciar o horário eleitoral, conforme o resultado do sorteio, em sistema de rodízio.
Os ministros do tribunal também aprovaram resolução com o tempo de propaganda ao qual cada um terá direito.

A presidente Dilma Rousseff (PT) terá direito ao maior tempo entre os 11 candidatos: 11 minutos e 24 segundos. Aécio Neves (PSDB) terá 4 minutos e 35 segundos. Eduardo Campos (PSB) terá direito a 2 minutos e 3 segundos. Pastor Everaldo (PSC) participará do horário eleitoral com 1 minuto e 10 segundos. Eduardo Jorge (PV) terá 1 minuto e 4 segundos. Luciana Genro (PSOL) terá 51 segundos. Levy Fidelix (PRTB), 47 segundos. Eymael (PSDC), Zé Maria (PSTU), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) terão, cada um, 45 segundos.

O horário eleitoral no primeiro turno vai até 2 de outubro e será dividida em dois blocos diários de 25 minutos cada. A propaganda dos candidatos a presidente da República será transmitida pelo rádio às terças, quintas e sábados, das 7h25 às 7h50 e das 12h25 às 12h50. Na televisão, as campanhas serão exibidas às terças, quintas e sábados, das 13h às 13h25 e das 20h30 às 20h55.

A divisão dos 25 minutos é feita com base na Lei das Eleições, que determina a divisão igualitária de um terço do tempo entre todos os candidatos. O restante leva em conta o tamanho das bancadas na Câmara dos Deputados.

No primeiro dia de horário eleitoral, a ordem será a seguinte: Eduardo Campos (PSB), Mauro Iasi (PCB), Zé Maria (PSTU), Aécio Neves (PSDB), Dilma Rousseff (PT), Levy Fidelix (PRTB), Eymael (PSDC), Rui Costa Pimenta (PCO), Pastor Everaldo (PSC), Eduardo Jorge (PV) e Luciana Genro (PSOL). Nos programas seguintes, o partido político ou a coligação que teve o programa apresentado em último lugar será deslocado para o primeiro.

A propaganda para deputado federal também será transmitidas nas terças, quintas e sábados. Para senador, governador e deputado estadual ou distrital, a propaganda será exibida nas segundas, quartas e sextas.

O Globo