VEJA AS NOVIDADES

5 de outubro de 2014

2.835.882 eleitores paraibanos estão aptos a votar neste domingo.

Seis candidatos a governador disputam neste domingo (5) o voto de 2.835.882 eleitores paraibanos aptos a votar nas eleições 2014. Deste total, são 1.495.757 eleitoras e 1.340.024 homens votantes que vão escolher deputados federal e estadual, senador, governador e presidente.

São sete candidatos ao Senado da República, concorrendo à uma vaga na representação da Paraíba.

Dos 117 candidatos que pediram o registro para concorrer à uma das 12 vagas na Câmara Federal, o TSE considerou aptos a disputar 94. Para as 36 vagas da Assembleia Legislativa, se inscreveram 428, mas o TSE considerou que só 317 podem disputar o mandato.

Para que a população escolha entre 582 candidatos dos 31 partidos registrados no TRE serão instaladas 9.979 seções em 1.761 locais de votação nas 77 zonas eleitorais paraibanas. Toda a estrutura necessária conta com 11.317 urnas, 1.026 computadores e 660 linhas telefônicas.

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba tem 50.766 pessoas trabalhando. São 389 servidores efetivos, 320 requisitados, 430 contratados, 158 magistrados e promotores e 49.469 convocados para trabalhar nas eleições 2014.

Em 23 municípios da Paraíba serão testadas pela primeira vez a votação com urnas por biometria.

A maior parcela do eleitorado paraibano, por faixa etária, concentra-se entre os que têm 18 e 40 anos. São 1.495.296 aptos a votar. Com menos de 17 anos são 68.999 e 206.795 eleitores acima dos 70 anos.

São 464.139 eleitores em João Pessoa (em 2012 eram 480.237 eleitores) e 263.489 em Campina Grande (eram 280.207 eleitores em 2012).

São 29.937 eleitores a menos no Estado, em relação a 2012, quando 2.865.819 estavam aptos a votar nos candidatos a prefeito e vereador. Naquele ano, a abstenção foi de 15,96%.

Somente 162.800 eleitores têm nível superior. Outros 280.445 são analfabetos, segundo o TSE.

Oficialmente a campanha eleitoral começou no dia 6 de julho. O guia eleitoral de rádio e TV começou em 19 de agosto. Os candidatos tiveram 90 dias de campanha intensa.

A campanha foi relativamente tranquila, mas o TSE aceitou o pedido do TRE e autorizou o envio de tropas do Exército para reforçar a segurança em Campina Grande.

Um total de 6.396 policiais militares, civis e bombeiros militares estará atuando nos 223 municípios paraibanos como parte da 'Operação Voto Seguro', que começou a ser executada nesta quarta-feira (1º) e se prolonga até a segunda-feira (6).

A Polícia Militar escalou 4.561 policiais, enquanto o Corpo de Bombeiros participa da Operação Voto Seguro com 885 bombeiros militares e a Polícia Civil vai atuar com 950 policiais, incluindo delegados, agentes de investigação, escrivães e as equipes do Instituto de Polícia Científica (IPC).

Fonte: PBHOJE