VEJA AS NOVIDADES

15 de março de 2015

Informações sobre as Manifestações no Brasil..

PARAÍBA: Em Campina Grande, manifestantes ressaltam que "querem democracia e não intervenção militar". Organização estima que número de participantes já chega a 5 mil.

G1 RIO DE JANEIRO

RIO DE JANEIRO: Manifestantes carregam várias faixas pedindo a intervenção militar no Centro do Rio. Cerca de mil manifestantes, segundo agentes da PM, participam do ato que começou por volta das 14h na Candelária e que agora segue para Palácio Duque de Caxias, na mesma região. As informações são do repórter Gabriel Barreira.
FOTO: GABRIEL BARREIRA/G1

17h00

RONDÔNIA: cerca de 300 pessoas se preparam para percorrer as ruas de Cacoal, diz PM.

16h59

SÃO PAULO: cantor Lobão participa de manifestação na Avenida Paulista

16h58

REDAÇÃO G1

Manifestantes protestam contra a corrupção e contra o governo
FOTO: ARTE G1

16h56

Brasileiros protestam na Argentina. Assista:

16h54

RIO GRANDE DO SUL: em Porto Alegre, os manifestantes fazem uma caminhada e depois devem voltar ao Parque Moinhos de Vento, o Parcão. Cerca de 100 mil pessoas participam, segundo a Brigada Militar. O último número divulgado pela organização foi de 60 mil.


16h53

MINAS GERAIS: a Polícia Militar diz que cinco mil pessoas estavam reunidas na Praça Sete, no centro de Belo Horizonte, às 16h30.


16h53

MINAS GERAIS: faixa diz que “Não é 3º turno, é impeachment”.


Renata Lo Prete comenta protestos no Centro do Rio e no interior de SP. Ela lembra que hoje faz 30 anos que o último presidente militar passou o poder para os civis e diz que, nos protestos de hoje, os pedidos de intervenção militar são "periféricos". País era "mais complicado, atrasado e problemático" que hoje.

16h50

RIO DE JANEIRO: Os manifestantes antigoverno que protestam na Candelária, no Centro, se preparam para caminhar até o Palácio Duque de Caxias, na Avenida Presidente Vargas, a poucos metros do local de concentração.

16h47

SÃO PAULO: Jéssica dos Santos, de 25 anos, resolveu protestar de forma diferente no ato deste domingo na Avenida paulista e ficou nua no caminhão que pedia a intervenção militar. Os participantes do protesto correram para tirá-la de lá. Um deles tentou dar um soco na jovem. A primeira impressão é de que se tratasse de uma feminista em apoio a presidente Dilma Rousseff. 


16h45

SANTA CATARINA: Mesmo com chuva forte mobilização continua em Florianópolis

16h45

SÃO PAULO: PM informa que 20 pessoas do grupo "carecas do subúrbio" são conduzidas neste momento ao 2º Distrito Policial. Foram apreendidos fogos de artifícios com elas, segundo a corporação.



16h42

PARANÁ: De acordo com a PM, cerca de 80 mil pessoas participaram do ato em Curitiba. Já os organizadores estimam que cerca de 100 mil pessoas. Às 16h30, o grupo começava a se dispersar.


16h42

RIO DE JANEIRO: O ato antigoverno na Cinelândia foi organizado pelo grupo Resistência RJ. Os integrantes são em sua maioria apoiadores do militarismo e do impeachment. Apoiam também "intervenções militares constitucionais", segundo disseram. Concentrados na Candelária, os manifestantes anunciaram que seguirão para o Palácio Duque de Caxias próximo dali. 



Fonte: G1