VEJA AS NOVIDADES

8 de março de 2015

Mulheres representam só 13% dos empregos formais na indústria da PB.

As mulheres representam apenas cerca de 13% dos empregos formais no setor industrial paraibano, segundo a Federação das Indústrias da Paraíba (Fiep). O percentual corresponde a 17.086 empregos. Os homens ocupam a maioria das vagas, 87%, ocupando 116.383 empregos. 

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O número total de empregos formais na Indústria da Paraíba é 133.469. Segundo a Fiep, os segmentos industriais que mais empregam mulheres no estado, são a indústria têxtil, construção civil e alimentos e bebidas.

Em primeiro lugar, o setor têxtil e de confecções emprega 4,4 mil mulheres; em segundo, a construção civil é responsável por 4,07 mil empregos; em terceiro, o setor de alimentos e bebidas tem 3,1 mil vagas ocupadas pelo sexo feminino; e em quarto, a indústria de calçados emprega formalmente 1,9 mil mulheres.

Conforme as estatísticas da Fiep, estes quatro segmentos juntos empregam 13.568 mulheres. O número equivalente a 79,4% da mão-de-obra feminina contratada em toda a indústria paraibana.
Oportunidade

A cidade de Itaporanga, no Sertão paraibano, recebe entre segunda-feira (9) e quarta-feira (11) o Projeto "Trabalho de Todos" da Procuradoria Regional do Trabalho da 13° Região. Em parceria com a Fiep, será realizada no município uma programação de cursos, palestras e oficinas através do Sesi, com o programa Cozinha Brasil; e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) realizará palestras sobre o tema "Orientação Profissional para Colocação no Mercado de Trabalho", com o objetivo de orientar as pessoas para o ingresso no mercado de trabalho.

Já o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) promove os cursos de Segurança do Trabalho, Operador de Betoneira, Educação Ambiental, Noções de Empreendedorismo, Tecnologia da Informação e Comunicação, Propriedade Intelectual, Legislação do Trabalho, além de oficinas sobre a Norma Regulamentadora NR – 22, e uma palestra com o tema "A Importância da Qualificação Profissional para o Mundo do Trabalho".

Fonte: G1 Paraíba