VEJA AS NOVIDADES

12 de março de 2015

Obras do Acauã-Araçagi estão 70% concluídas; investimento é de R$ 1 bilhão.

Os resultados das obras do Canal Acauã-Araçagi serão apresentados, nesta sexta-feira (13), aos deputados que integram a Frente Parlamentar da Água. O secretário de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo, destaca que os parlamentares terão a oportunidade de conhecer a mais importante obra hídrica da Paraíba, que recebe investimentos de R$ 1 bilhão.

“Esse sistema adutor vai abastecer 38 municípios, garantir água para 600 mil pessoas e terá capacidade de irrigar 16 mil hectares, o que provocará mudanças significativas na economia da região”, argumentou João Azevedo, adiantando que 70% das obras do lote I, de 42,8 km, já foram concluídos. O sistema adutor terá extensão total de 112,4 quilômetros.

De acordo com o engenheiro fiscal da obra, Alexandre Machado, está prevista a apresentação da obra em data-show e em seguida a visita a várias frentes de trabalho, iniciando pela tomada d’água na barragem Acauã. Depois, os parlamentares percorrerão alguns quilômetros da obra, que inclui as tubulações e outras etapas da construção.

Cerca de 50 engenheiros atuam na obra considerada a transposição da Paraíba. São engenheiros nas áreas civil, mecânica, elétrica, ambiental, produção, projetos, hidráulica e segurança do trabalho. A obra emprega 1.000 operários, nos lotes I e II.

O canteiro de obras do lote I está localizado no município de Mogeiro. O sistema adutor receberá as águas da Transposição do São Francisco a partir da barragem Acauã, localizada no município de Itatuba. As obras do lote I, com 40,8 km abrangem as cidades de Itatuba, Ingá, Mogeiro, Itabaiana e São José dos Ramos. No lote I, ainda estão sendo construídas duas pontes sobre os rios Surrão e Ingá, e um aqueduto.

No lote II o canal passará por terras dos municípios de Sobrado, Mari, Sapé e Riachão do Poço. O canteiro de obras do lote 3 vai ser instalado entre Mamanguape e Araçagi, com obras nos municípios de Cuité de Mamanguape, Araçagi, Itapororoca e Curral de Cima, numa extensão de 30,58 km.

O canal tem trechos com largura de 120 metros em aberto que está recebendo revestimento impermeável. E trechos com 80 metros de largura por onde passam três tubos de 1,9 metros de diâmetro. A água seguirá os 112,4 km por gravidade média de três centímetros a cada quilômetro.

Fonte: Portal Correio