VEJA AS NOVIDADES

10 de abril de 2015

Operação policial apreende computadores de empresa suspeita de fraude em concursos na Paraíba.

Uma empresa que aplicou provas de concurso público nas cidades paraibanas de Santana de Mangueira, Tavares (ambas no Sertão do estado, a 484 km e 407 km de João Pessoa, respectivamente) e Tenório (Seridó paraibano, a 229 km da Capital), além dos estados de São Paulo e Pará, esta sendo investigada pela Polícia Civil da Paraíba por ser suspeita de falsificar documentos de licitação em concursos.
A empresa tem sede no município de Conceição, Sertão paraibano, a 466 km de João Pessoa, e teve quatro computadores, um notebook e documentos apreendidos na quinta-feira (9) através da Operação Certame.

A operação foi coordenada pelo delegado Cristiano Santana e teve a participação do grupo tático especial da Polícia Civil de Itaporanga, através dos agentes Carlos Cardeal, Glauciano, Eliel e Francimar.

Segundo o delegado, a empresa “Real Concursos” conseguiu participar de concursos públicos na Paraíba e em outros estados através de apresentação de documentos falsos durante processos licitatórios desses concursos.

“Cumprimos mandados de busca e apreensão na sede dessa empresa e conseguimos apreender computadores, notebook, provas aplicadas anteriormente, certidões e declarações. Todo o material foi encaminhado ao Instituo de Polícia Científica (IPC) para ser periciado. Já temos comprovado que essa empresa também aplicou provas em São Paulo e no Pará, e temos a suspeita de que cidades de Pernambuco e Rio Grande do Norte também tenham sido vítimas da fraude”, afirmou o delegado.

Além dos materiais apreendidos, um dos proprietários da empresa foi indiciado. Ainda segundo o delegado, além da aplicação de provas, o esquema de falsificação de documentos da empresa paraibana pode ter ramificação com empresas de outros estados. 

“Estamos trabalhando para identificar a possibilidade de que várias empresas estejam juntas, praticando este crime”, concluiu o delegado Cristiano Santana.

Fonte: Portal Correio