VEJA AS NOVIDADES

7 de maio de 2015

Benefícios da tapioca para a dieta, o alimento é natural e um substituto do pão.

O glúten é um dos principais vilões para quem pretende perder peso, logo após vem o açúcar e as gorduras. Para piorar, essa substância está presente em um dos principais alimentos da mesa dos brasileiros, o pão. Por isso, quem quer emagrecer precisa tirar o "pão nosso de cada dia" e consumi-lo, só de vez enquanto, e um bom substituto para ele é a tapioca.


O pão tem uma quantidade grande de fermento e seu processo de produção leva muitos ingredientes que agregam calorias e que podem provocar desconforto gástrico, dor abdominal, entre outros. Já a tapioca é totalmente natural, feita com a goma. 


Assim como o pão, a tapioca é um alimento que pode ser bem dinâmico, pois vários tipos de recheios combinam com o seu sabor. As vezes, só a manteiga derretida, já é suficiente para deixá-la mais apetitosa.

Sem abrir mão do sabor, a pessoa que escolhe fazer a troca do pão pela tapioca ainda encontra outras vantagens, como explica a nutricionista do Hapvida Saúde, Gabriela Silva, "a tapioca substitui o carboidrato do pão, sem o glúten, com a quantidade de calorias reduzida e com mais nutrientes". 

Enquanto o pão tem cerca de 130 calorias, a tapioca tem em média 80, ou seja, quase metade da taxa calórica do pão. Assim, é possível consumir mais tapiocas ao dia, mesmo nas dietas restritivas. "Se o pão é integral, a pessoa pode comer até duas fatias por dia. O pão francês, só uma fatia. No caso da tapioca, podem ser consumidas até duas por dia", orienta a especialista.

Mas, apesar de a tapioca ser um alimento leve, é preciso ter atenção para os recheios que irão compor o prato. "É bom escolher recheios saudáveis, como queijo branco, geleias sem açúcar, peito de peru.  Tudo que for menos calórico", ressalta Gabriela.

Além disso, tem também a questão dos horários. "A tapioca pode ser consumida todos os dias, sem nenhum prejuízo à saúde, tanto no café da manhã quanto no jantar, no lanche. Digamos que é um prato curinga. Para a ceia, entretanto, não é indicado o seu consumo. A alimentação após às 21h deve ser ainda mais leve", orienta.

Fonte: Pauta Assessoria de Comunicação 
Melissa Paulino
(83) 3042-5558 / 8710-1478 
melissa@pautacom.com.br 
www.pautacom.com.br 
Twitter: @pautacom