VEJA AS NOVIDADES

18 de maio de 2015

Polícia detém 36 pessoas e apreende mais de 200 animais em rinha na PB.

A polícia deteve 36 pessoas e apreendeu 205 aves silvestres e três galos em uma rinha de canários no Sítio Várzea Grande, em Mari, Zona da Mata paraibana, neste domingo (17). 

De acordo com a Polícia Ambiental, a ação aconteceu após uma denúncia anônima.

Os detidos foram autuados por maus tratos e ainda oito deles também foram autuados por manter em cativeiro, sem autorização, animais de fauna silvestres. 


Entre as aves apreendidas, estão 199 eram canários que eram usados nas rinhas. No local ainda havia um cabocolim, um tiziu e um curió.

Conforme informações da polícia, o espaço onde houve a apreensão tinha estrutura para acomodar espectadores e realizar as brigas entre os animais. “Quem é encontrado nas rinhas apenas assistindo, também incorre nas mesmas penas de maus tratos e é imediatamente conduzido até a delegacia para se submeter às sanções administrativas [multa] e penais”, explicou o comandante do Batalhão Ambiental, major Tibério Leite.

Todos os detidos foram levados para a delegacia de Sapé. Os que foram autuados só por maus tratos, podem ser condenados a três meses a um ano de prisão e multa de R$ a R$ 3.000. As oito pessoas que também foram autuados por manter em cativeiro, sem autorização, animais de fauna silvestres correm o risco de serem condenados a seis meses ou até um ano de detenção, além de multa de R$ 500.

Fonte: G1 Paraíba