VEJA AS NOVIDADES

8 de julho de 2015

Polícia prende suspeito de apedrejar ônibus em João Pessoa no carnaval.

O suspeito de jogar uma pedra em um ônibus na avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa, no dia 2 de fevereiro após um bloco de carnaval, foi preso na manhã desta quarta-feira (8) na Zona Rural de Remígio, no Agreste paraibano. Depois que o veículo foi apedrejado, o motorista perdeu o controle da direção e o ônibus bateu em uma árvore. Mais de 50 pessoas ficaram feridas.

A prisão foi efetuada por equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande e do Serviço de Inteligência da Secretaria de Administração Penitenciária.
Segundo o delegado Henry Fábio, titular da DRF, o homem foi preso após um levantamento da vida do suspeito.

"Demos cumprimento ao mandado em uma operação conjunta entre a DRF e a Seap. Ele estava escondido na casa da família e, no início da manhã, o encontramos e o prendemos", explicou o delegado.

O suspeito foi levado para a Central de Polícia em Campina Grande, deve ser apresentado em uma entrevista coletiva programada para a acontecer às 10h e, em seguida, será transferido para algum presídio de João Pessoa, segundo a polícia.

Relembre o caso

Um ônibus cheio de foliões que voltavam do bloco carnavalesco 'Virgens de Tambaú', em João Pessoa, bateu contra uma árvore na avenida Epitácio Pessoa, principal via da cidade, por volta das 2h30 do dia 2 de fevereiro. Pelo menos 59 pessoas ficaram feridas. Conforme registro dos Bombeiros, 46 pessoas foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma da cidade e outras 13 foram encaminhadas para o Ortotrauma de Mangabeira.

Fonte: G1 Paraíba