VEJA AS NOVIDADES

11 de agosto de 2015

Conheça as 7 cidades mais estranhas do mundo!

Nosso mundo é formado por tantas pessoas, culturas e ideais diferentes que o resultado só poderia ser a existência de uma diversidade enorme de lugares. Cada cidade tem sua peculiaridade e seus pontos negativos e positivos. Algumas, claro, extrapolam na peculiaridade e são colocadas nas maiores listas de bizarrices. Acompanhe e descubra por quê.

Manshiyat Naser, Egito

ManshiyatNaser
Conhecida como “cidade do lixo” ou “da reciclagem” ela é praticamente o aterro sanitário de toda a capital do Egito. Seus habitantes levam uma vida difícil sem saneamento básico, sem eletricidade e água potável e, ainda assim, trabalham dignamente alcançando a proeza de reciclar 90% do que os moradores da grande cidade um dia julgaram como sendo “lixo”.

Longyearbyen, Noruega

Longyearbyen, Noruega
Localizada no Círculo Polar Ártico encontra-se a cidade onde é “proibido morrer”. Na cidade mais setentrional do planeta, os enterros estão proibidos há 70 anos devido ao excessivo frio.
Como acabavam preservados pelo gelo, os corpos não se decompunham. Quando uma pessoa está muito doente, precisa ser levada a outra cidade mais afastada de lá para, se for o caso, ser enterrada.

Roswell, Estados Unidos

Roswell, Estados Unidos
É uma das cidades mais famosas na história da ufologia. Em 1947, dizem que um OVNI caiu numa fazenda da cidade. Para o governo eram apenas restos de um balão meteorológico, mas para centenas de moradores, uma nave extraterrestre.
Até hoje o local recebe turistas apaixonados pelos casos da ufologia, que visitam o museu da cidade criado especialmente para lembrar aquele dia. Na cidade ainda é possível conversar com algumas pessoas que viveram na época em que a tal nave supostamente caiu nas terras de Roswell.

Cidade de Maharishi Vedic, Estados Unidos

É o local ideal para quem gosta de meditar. Na cidade vive uma comunidade que deseja exclusivamente a elevação espiritual. As pessoas se reúnem em grupos e diariamente praticam a meditação transcendental. O nome da cidade é do guru que criou este tipo de meditação.

Miyake-Jima, Japão

Miyake-Jima, Japão
É considerada um dos lugares mais nocivos do mundo, pois abriga um vulcão que diariamente expele gases extremamente venenosos para as pessoas. O vulcão existe há milhares de anos e já entrou em erupção várias vezes.
Um tempo atrás as pessoas haviam abandonado a ilha porque havia se tornado muito perigosa. Quando o perigo deixou de ser aparente, as pessoas decidiram voltar e o governo apoiou.
Porém a condição para ficar lá é utilizar uma máscara no rosto todo a vez em que tocar uma sirene, pois ela avisa o momento do dia em que os níveis de toxicidade estão mais prejudiciais. Apesar dos riscos, a ilha recebe turistas dispostos a um passeio terrivelmente perigoso.

Colma, Estados Unidos

Colma, Estados Unidos
É conhecida como a “cidade dos mortos”, pois sua população de pessoas vivas é de 1700 e a de mortos chega a quase 2 milhões de pessoas. Esta cidade foi fundada pelas pessoas que trabalhavam com enterros nos Estados Unidos, quando a criação de novos cemitérios foi proibida em alguns lugares.
Não querendo perder seus empregos, encontram essa cidade onde acabaram criando a maior concentração de pessoas mortas dos Estados Unidos.

The Villages, Estados Unidos

the villages
Esta cidade pode ser considerada o item cômico da lista, pois é a “cidade dos vovôs”. É um lugar onde praticamente todos os seus habitantes possuem mais de 55 anos e eles não se reuniram nessa vila apenas para descansar durante a aposentadoria.
Lá eles fazem o possível para se divertir ao estilo “sexo, drogas e rock’n’roll”. Dizem que existe locais vendendo bebidas muito baratas, um mercado negro do viagra e as festinhas acontecem nas próprias casas dos idosos.
Fonte: Inexplicável.com