VEJA AS NOVIDADES

21 de dezembro de 2015

Jovem é preso suspeito de 25 homicídios e por cobrar água e luz em área da Capital.

Emplacamento Atrasado
Um jovem de 21 anos foi preso durante uma operação da Polícia Militar na comunidade Aratu, no bairro de Mangabeira, Zona Sul de João Pessoa, nesse domingo (20). O rapaz é suspeito de participar da morte de 25 pessoas na Capital, conforme levantamento feito pelas Delegacias de Homicídios e Roubo e Furtos. Ele seria o chefe do tráfico da comunidade e ainda cobrava taxa de água de luz dos moradores.

egundo a Polícia Militar, o suspeito era investigado depois da série de crimes na Zona Sul de João Pessoa.
O jovem tinha mandado de prisão em aberto expedido pela 3ª Vara Regional no Fórum de Mangabeira. Um dos crimes atribuído a ele é o latrocínio (roubo seguido de morte) de um pescador na praia da Penha, na Capital, em novembro deste ano.

“Conseguimos prendê-lo em uma casa de show em Mangabeira, com a identidade do irmão e uma motocicleta com o licenciamento atrasado. O rapaz é bastante violento e além de comandar o tráfico na comunidade Aratu, cobrava taxas pelo fornecimento de energia e água da localidade. Um dos crimes praticados por ele é o do pescador da praia da Penha. Ele é investigado por ter participado direta e indiretamente de cerca de 25 homicídios”, disse um tenente do serviço de inteligência do 5º batalhão, que preferiu não se identificar.

O veículo apreendido e o jovem preso foram levados para a Central de Polícia Civil. Ele será transferido para a Penitenciária Flósculo da Nóbrega, o Presídio do Roger, ainda nesta segunda (21).

Fonte: Portal Correio