VEJA AS NOVIDADES

20 de dezembro de 2015

Servidos por Neymar, Messi e Suárez marcam e dão tri Mundial ao Barça.

Acostumado a quebrar recordes recentemente, o Barcelona adicionou mais um a sua coleção. 

O clube se tornou o primeiro a conquistar o Mundial de Clubes por três vezes desde que a Fifa passou a organizar a competição. Ganhou nas duas vezes que disputou anteriormente, em 2009 e 2011.
O título no Japão é o quinto de seis disputados em 2015 (venceu também a Liga dos Campeões, Supercopa da Europa, Copa do Rei e Campeonato Espanhol), em um aproveitamento que fica atrás apenas do sextete de 2009 - perdeu a Supercopa da Espanha para o Athletic Bilbao.

Era um confronto de realidades muito diferentes. Um River Plate que fazia de um jogo o ponto alto de sua trajetória de 114 anos contra um Barcelona que queria apenas o luxo de ter mais um capítulo entre todos aqueles que vem escrevendo nos anos 2000. E não houve coração e garra que batessem o talento refinado. A taça do Mundial de Clubes foi para as mãos mais famosas, após uma grande exibição dos pés mais talentosos. Com dois gols de Suárez e um de Messi - e duas assistências de Neymar -, o Barça venceu os Millonarios por 3 a 0 neste domingo e conquistou seu tricampeonato mundial, no Estádio Internacional de Yokohama, no Japão, neste domingo.

Com a conquista, Neymar entra para um grupo de jogadores que venceram a Liga dos Campeões, a Taça Libertadores e o Mundial de Clubes. Antes dele, haviam conseguido o feito os brasileiros Dida e Cafu e os argentinos Tevez e Samuel.