VEJA AS NOVIDADES

12 de julho de 2016

Falso policial aplicou golpes em quatro cidades da Paraíba inclusive em Itabaiana, diz PM.

O ex-policial militar de 50 anos suspeito de furtar motociclistas na Paraíba já teria aplicado golpes em, pelo menos, quatro cidades do estado. A informação foi divulgada pela própria Polícia Militar na última segunda-feira (11), depois que o homem foi preso, em João Pessoa. Foram confirmadas ações nos municípios de Jacaraú, Itabaiana, Queimadas e Mamanguape. O homem usava uma farda da polícia para aplicar os golpes.


De acordo com a Polícia Militar, se passando por policial, o homem fazia amizade em pequenas cidades e, depois que garantia a confiança da vítima, pedia a moto dela emprestada e não voltada mais.

O homem foi expulso da corporação na década de 90, mas ainda usava uma farda de sargento da Polícia Militar. Uma moto que foi furtada em Queimadas, no Agreste paraibano, foi apreendida depois que o suspeito foi preso, em João Pessoa.

O suspeito disse que teve facilidade para comprar a farda, pois era policial até 1990. A farda foi comprada pelo valor de R$ 200. “[Na época] a gente podia comprar, com o contracheque. Podia usar”, disse ele.

Segundo a Polícia Militar, na época em que foi expulso, o ex-policial  era investigado por estelionato. O homem vai ser autuado por furto de motociclistas e falsidade ideológica. A Polícia Civil informou que vai investigar se o homem aplicava golpes em outras cidades da Paraíba e pediu para que as vítimas procurem a polícia para reconhecer ele.

Flagrante

O homem foi  flagrado pilotando uma motocicleta com placa de um carro roubado na Avenida Floriano Peixoto, em Campina Grande.

O registro foi feito por um radar no dia de 16 de junho, mas a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) divulgou a imagem neste domingo (10). O homem foi identificado como policial porque está usando farda na imagem.

De acordo com o Superintendente da autarquia, Félix Araújo Neto, o policial passou pelo radar a 60 km por horam sendo que a velocidade máxima permitida de 50 km. "Os radares fizeram o registro da motocicleta acima da velocidade e, quando fizemos a triagem, constatamos que a placa é de uma Volkswagen Saveiro que tem registro de roubo", disse.

Fonte: G1 Paraíba