VEJA AS NOVIDADES

27 de novembro de 2016

HACKER: Entenda o ataque que derrubou boa parte da internet nos EUA.

Para entender o poder do ataque hacker que afetou milhões de usuários e derrubou serviços gigantes como Twitter, Spotify e Reddit, recentemente, nos Estados Unidos, a gente precisa – antes – explicar duas siglas: DNS e DDoS. Não se assuste, nenhuma delas é difícil e você certamente usa uma e pode ser vítima da outra.

DNS, ou Sistema de Nomes de Domínios, é um pedaço da estrutura da internet. Na verdade, são serviços responsáveis por fazer o redirecionamento de um endereço “nominal” para onde a informação realmente se encontra na rede. Por exemplo, toda vez que você digita www.olhardigital.com.br no seu navegador, um serviço DNS redireciona sua conexão para o endereço “real”, que é dado pelo número IP onde o site do Olhar Digital está armazenado. É assim que funciona...

A segunda sigla é ainda mais simples. DDoS é um tipo de ataque hacker; em português, chamado Ataque de Negação de Serviço. Os ataques DDoS “sequestram” uma série de computadores desprotegidos e programam todos para acessarem um mesmo serviço simultaneamente. Com milhões de máquinas infectadas, normalmente o sucesso é garantido.

Agora, fica fácil entender o apagão recente na internet americana. Hackers fizeram um ataque de negação de serviço a um dos maiores provedores de hospedagem DNS dos Estados Unidos. E não foi um ataque simples.

Os provedores DNS – principalmente os maiores do mundo – possuem uma série de filtros e proteções para evitar qualquer tipo de tentativa de derrubá-los. Mas com o número de dispositivos conectados que foi sequestrado para orquestrar o ataque, o servidor acabou não aguentando e saiu do ar. Esse tipo de ataque, acontece normalmente por puro hacktivismo ou interesses econômicos; afinal, quando um site do porte do Twitter ou do Spotify sai do ar, eles perdem uma boa quantia de dinheiro, enquanto possíveis rivais continuam online. Mas isso é só especulação.

O que o super ataque deixa de aprendizado e de alerta é o perigo que a internet das coisas está trazendo para a segurança digital. Quanto mais dispositivos conectados na rede, se eles não estiverem devidamente protegidos com senhas fortes e filtros, maior a vulnerabilidade da rede a ataques DDoS.

Agora que você já sabe e entende um pouco mais de DNS, aproveite para melhorar sua segurança e velocidade de conexão com alguns passos simples. Logo abaixo do vídeo desta matéria, publicamos um tutorial de como trocar o DNS do seu computador: isso pode garantir uma velocidade muito maior para sua internet.

Fonte: Olhar Digital