14 de abril de 2017

ITABAIANA: Alunos da Escola Cidadã de Itabaiana são empossados e homenageados.

Na noite da última sexta-feira a CÂMARA MUNICIPAL DE ITABAIANA recebeu através de seu presidente, o vereador Dr. Pedro, os alunos da Escola Cidadã Dr. Antônio Batista Santiago. Na oportunidade, os estudantes que haviam vencidos as eleições de classe, na qual concorreram aos cargos de líderes e vice – líderes, foram empossados na Casa do Povo Itabaianense. As eleições aconteceram no dia 24 de março, mas só no dia 07/04 é que tomaram posse. Um total de 20 alunos, sendo, 10 líderes e 10 vice – líderes.
O juramento ficou a cargo do aluno Lucas Leonildo e a aluna Ana Letícia falou da importância daquele momento para o crescimento social dos educandos. 

Na ocasião, os alunos que foram aprovados na primeira etapa do Projeto Gira Mundo foram homenageados. Os alunos Riquelme, Adolfo e David para o Canadá; Eliseu, Guilherme e Wellington para a Espanha.

Estiveram presentes grandes nomes da educação, como Judith (representante do SINTEP/PB), Dona Celeste (pioneira na alfabetização em Itabaiana), Helena Henriques (Assessora Regional da SEE/PB), Clécio Jamerson (representando a 12ª. GRE de Ensino), Profa. Zilanda (representando os professores da ECI), Dr. Pedro (presidente da Câmara Municipal de Itabaiana), Dona Maria (representando todas as mães dos alunos da ECI). 

Esta última não escondeu sua gratidão e emoção ao falar da oportunidade que seu filho estava tendo em ser empossado como líder e também ter sido selecionado para a próxima etapa do Gira Mundo - “meu filho nunca pôde sair de casa, nunca tivemos condições pra isso, mas agora ele pode ir pra outro país, isso é uma benção!” – disse a mãe emocionada.

A gestora da ECI, Rosimere Andrade, destacou a importância do momento para à construção da democracia, a mesma fez uma retrospectiva de sua história como líder e fundadora da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Sapé, de seu passado de luta por uma educação pública, gratuita e de qualidade e se emocionou ao afirmar que estava vendo essa bandeira social se concretizar através da Escola Cidadã. “Aproveitem esse momento para lutar, reivindicar, criticar, sugerir, apoiar, crescer e estender a mão ao outro. Lutemos por nossos ideais e pelo coletivo, sem jamais deixar de respeitar o que é diferente de nós. As diferenças é que nos faz únicos, mas o respeito nos faz irmãos” – encerrou a gestora.













































Fonte: Redação Assessoria com Fotos de Ranys Ribeiro