VEJA AS NOVIDADES

20 de maio de 2017

SAÚDE: Proibido consumo e venda de paçoca com alto teor de substância cancerígena,

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu, nessa quarta-feira (17), a venda e o consumo de lotes do produto paçoca rolha da marca Dicel, produzido pela empresa WK Produtos Alimentícios Ltda, após identificação de aflatoxinas (substância cancerígena) fora do Limite Máximo Tolerado (LMT).

Segundo a Anvisa, os lotes proibidos são: 0042, com validade para 17 de novembro deste ano; 0029, validade 7 de dezembro deste ano; 0040, validade 12 de maio deste ano; 0026, validade 23 de junho deste ano; 0023, validade 2 de junho deste ano; 0027, validade 17 de novembro deste ano; e 0024, validade 3 de junho deste ano.


Ainda segundo a Anvisa, a fabricante solicitou o recolhimento voluntário e vai recolher todo o estoque no mercado.

Fonte: Portal Correio