VEJA AS NOVIDADES

27 de setembro de 2017

PARAÍBA: Coruja é encontrada em fundo de quintal e Policia Ambiental e Militar negam atendimento.

Uma coruja foi encontrado na manhã da última Terça-feira, 26, no fundo de um quintal da Secretaria de Educação de São José dos Ramos, um trabalhador que avistou a Coruja disse que ela estava com muita formiga e debilitada e não podia se mexer, no momento foi retirado do local e lhe dado água para que o animal pudesse se animar.

Os primeiros atendimentos foi feito pelo Blogueiro Ranys que cuidou bem da Coruja veja seu relato e a falta de atenção das autoridades que negaram o atendimento.


"Eu imediatamente liguei para o Ibama e expliquei que tinha encontrado uma Coruja muito debilitada e que precisava da remoção adequada, o mesmo forneceu o contato da Policia Ambiental, que disse que não poderia se deslocar de João Pessoa para São José dos Rams para pegar o animal, que tinha que entrar em contato com a Delegacia da minha região, imediatamente liguei para a Delegacia de Itabaiana que disse que não tinha viatura no momento e que eu ligasse para o Batalhão para solicitar uma viatura.

E ai expliquei toda a situação de novo, mas o Policial disse que o Batalhão só resolve Homicídios, Roubos e outros, que não é responsável para ir até São José dos Ramos para pegar uma Coruja, que eu mesmo cuidasse ou solta-se na vegetação, e concluiu dizendo que a Delegacia tem essas mania de passar certos trabalhos para que eles resolve-se, a todo o momento o Policial foi irônico e bastante grosseiro e por fim ligo para a Delegacia e o delegado de plantão disse que eu mesmo cuida-se da Coruja e levasse em um veterinário por conta própria". Concluiu o Blogueiro Ranys

"Como a situação foi extremamente chata coloquei nas rede sociais para ver se alguém ajudava, muitos indicaram a Bica de João Pessoa, pois lá iria fazer todos os procedimentos para cuidar da Coruja, alguns amigos entraram em contato com Veterinários e Org's e se prontificaram em ajudar, o amigo Genilson Medeiros ia em João Pessoa e se prontificou em deixar na Bica, mas foi orientado a deixar no Ibama de João Pessoa. Enfim a coruja está recebendo todos os cuidados necessário.

Deu tudo certo para aqueles que ajudaram e Coruja, salvei para que ela(ele) não morresse, triste é ver um animal indefeso morrer por conta da falta de atendimentos daqueles que se dizem responsável e que tão ali para servir e ajudar.