VEJA AS NOVIDADES

27 de outubro de 2017

PARAÍBA: IFPB abre seleção para professores e tradutores e intérpretes de Sinais.

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) abriu seleção para contratação temporária de docentes e de tradutores e intérpretes de Sinais. As inscrições são feitas online. Acesse aqui o edital do concurso.

São quatro vagas para o cargo de tradutores e intérpretes de linguagem de Sinais. É preciso ter curso superior em Letras e proficiência em Língua Brasileira de Sinais (Libras). São duas vagas para o Campus João Pessoa, uma para Campina Grande e uma para Sousa. 


A remuneração básica é de R$ 3.666,54, acrescido do valor do auxílio-alimentação (R$ 458,00) e de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. O regime de trabalho é de 40 horas semanais. A inscrição é de 27 de outubro até 13 de novembro. A inscrição é no valor de R$ 120. São aceitos pedidos de isenção da taxa de inscrição até o dia 30 de outubro. É preciso estar enquadrado no que rege a legislação nacional.

A seleção será por meio de prova objetiva a ser realizada em João Pessoa na data prevista de 3 de dezembro. O resultado final está previsto para sair até 18 de dezembro. O cronograma completo está no edital. No período de validade do processo seletivo, o aprovado pode ser aproveitado para vaga em outro campus não previsto no momento. 

Professores substitutos

Para docentes, a inscrição está aberta de 27 de outubro a 7 de novembro. A taxa de inscrição é no valor de R$ 100. Os pedidos de isenção podem ser aceitos até 30 de novembro. O regime de trabalho é de 40 horas semanais. A remuneração inicial é de R$ 2.714,89, devendo ser ajustada, conforme a titulação do aprovado e previsões legais.

A seleção será por prova de desempenho didático e prova de título. As provas devem ser feitas de 13 a 17 de novembro. O resultado está previsto para 30 de novembro.

No Campus Cabedelo Centro, há uma vaga de professor substituto para o código de Turismo. As atividades acontecem nas unidades de Cabedelo, Lucena, aldeias indígenas do Litoral Norte e APA da Barra do rio Mamanguape. 

Em Patos, há uma vaga para o código de Infraestrutura (Design e Construção Civil). O professor deve ter formação nas áreas de Arquitetura ou Design de Interiores.

Fonte: Portal Correio