VEJA AS NOVIDADES

28 de novembro de 2017

EMPREENDEDORISMO: Ranking coloca João Pessoa como uma das piores cidades para se empreender no Brasil.

João Pessoa é uma cidade maravilhosa, com belas praias, bastante arborizada e com diversos pontos turísticos. Porém, se o assunto for facilidade para empreender, a capital paraibana é uma das piores, entre as 32 maiores cidades do Brasil.

Foi divulgado ontem, segunda-feira (27) o Índice de Cidades Empreendedoras (ICE), elaborado pela organização Endeavor.
O ranking avalia uma série de critérios, como infraestrutura, ambiente de inovação, mão de obra e capital financeiro, por exemplo.

No geral, João Pessoa ficou na 27ª colocação do ranking, superando apenas Belém, São Luís, Campo Grande, Maceió e a última colocada Manaus. Já entre as melhores colocadas estão São Paulo em primeiro lugar, e em seguida Florianópolis, Vitória, Curitiba e Joinville.

O ICE revelou que o tempo médio para abrir uma empresa no Brasil gira em torno de 62 dias. Nesse quesito, a capital da Paraíba é a oitava pior do país, com um tempo de 77 dias para abertura de empresas, sendo que a melhor delas é Cuiabá, com o empresário precisando de apenas 20 dias para realizar todo o processo.

Em relação ao custo de impostos, mais uma decepção: João Pessoa é a terceira pior, na frente apenas de Aracaju e Rio de Janeiro. A análise foi feita em cima do que é cobrado em tributos como IPTU, ISS e ICMS, além do incentivo fiscal oferecido pelos governos municipais, já que eles têm autonomia para decidir as alíquotas dos impostos.

Um dos poucos critérios em que a terra em que o sol nasce primeiro se destaca é na cultura empreendedora. João Pessoa fica em 12º lugar nesse quesito, onde de acordo com a Endeavor, significa que as empresas criam novas tecnologias e geram aceitação e incorporação pelos indivíduos.

Além disso, uma cidade com forte cultura empreendedora é capaz ainda de compreender e usufruir de novas oportunidades, gerando fortes vantagens competitivas para os empreendimentos localizados nesses contextos.

Para ter acesso ao ranking completo e detalhado, clique aqui.  

Fonte: PB AGORA