Pesquise uma matéria

23 de maio de 2018

EFEITO DOMINÓ: Greve dos caminhoneiros provoca desabastecimento de combustíveis e de alimentos.

O protesto dos caminhoneiros causou uma corrida aos postos de combustíveis na Paraíba e a formação de longas filas para abastecer os veículos, mas vários postos de combustíveis fecharam hoje por falta do produto. Já nos supermercados o movimento já provoca desabastecimento de produtos alimentícios.  

A Polícia Rodoviária Federal disponibilizou na internet informações sobre as interdições em tempo real, não apenas pelos protestos, mas por causa de obras e outros problemas. 


Aos caminhoneiros, juntaram-se também outras categorias, como motoristas de aplicativo, motoboys, taxistas e índios, como um protesto realizado na Avenida Epitácio Pessoa. 

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de João Pessoa, Nivaldo Vilar, disse que o movimento dos caminhoneiros é legítimo, em defesa do povo brasileiros por causa do aumento do preço do combustível, mas ele alerta que vai prejudicar e já está prejudicando a população. "Já temos postos de gasolina sem combustível, daqui a pouco vai faltar produtos nas prateleiras dos supermercados, nas lojas, se não resolver o mais rápido possível a situação, a coisa vai ficar cada vez mais difícil para todo mundo, a gente vê isso com preocupação", disse. 

Fonte: Click PB