Pesquise uma matéria

21 de maio de 2018

FARMÁCIA POPULAR: Michel Temer fecha farmácia popular em Itabaiana e São Miguel de Taipu.

27 estabelecimentos em 12 cidades paraibanas foram desligados do programa Farmácia Popular do Brasil por determinação do Governo Federal. O despacho assinado pelo secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Marco Antônio de Araújo Fireman, foi publicado no Diário Oficial da União de sexta-feira (18). No vale do Paraíba, as cidades de São Miguel de Taipu e Itabaiana, onde funcionavam farmácias do programa, foram atingidas.



Somente na capital do estado, João Pessoa, 11 farmácias conveniadas serão retiradas do programa. Em Campina Grande o corte afeta cinco estabelecimentos. De acordo com o despacho, as farmácias que terão o convênio encerrado estavam com alguma irregularidade ou suspeita de fraude.

Em todo o Brasil, o programa foi fechado em 1.729 farmácias, correspondendo a cerca de 5% do total dos mais de 31 mil estabelecimentos que tinham convênio com o programa Farmácia Popular do Brasil em todo país. Em nota, o Ministério da Saúde informou que os estabelecimentos que perderam a credencial apresentavam "alguma irregularidade ou indícios de fraude".

Ainda de acordo com o ministério, a expectativa é reduzir os custos de R$ 500 milhões por ano com os cortes, o equivalente a um sexto do orçamento anual do programa, que é de R$ 3 bilhões.

Farmácia Popular do Brasil

O Programa Farmácia Popular do Brasil foi criado com o objetivo de oferecer mais uma alternativa de acesso da população aos medicamentos considerados essenciais. O Programa atende cerca de 10 milhões de usuários por mês, através de 31.081 estabelecimentos credenciados, com conexão de vendas ativa, em 4.381 municípios brasileiros.

Fonte: Tribuna do Vale Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário