Pesquise uma matéria

22 de maio de 2018

LBV: Como combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes?

Na última quinta-feira, 17 de maio, aconteceu na unidade socioeducacional da Legião da Boa Vontade - LBV no Bairro de Novo Horizonte em Campina Grande, uma palestra e oficina temática de conscientização contra ao abuso e exploração sexual infantil com as crianças e adolescentes da Instituição. A ação é em prol ao Dia Nacional de Combate a violência e exploração sexual de crianças e adolescentes, celebrado em 18 de maio. O encontro ocorreu com o apoio do Centro de Referência de Assistência Social da Liberdade.


As dezenas de crianças e adolescentes assistidos pela LBV, participaram ativamente da oficina pontuando as ações de prevenção que cada uma deve ter e a multiplicação do assunto aos seus amigos para que não sejam alvo de pessoas maliciosas. A pequena Raiara, 12 anos, comentou que “cada pequeno deve estar seguro e forte sobre o assunto e ter pessoas de confiança ao seu lado, para que elas possam denunciar caso forem alvo da exploração sexual”, declarou a menina.

A psicóloga Poliana Araújo, ressaltou a importância de encontros de empoderamento das crianças e adolescentes na sociedade. “Encontros como esses que desenvolvemos em escolas, ONGs é para o empoderamento dos pequenos quanto a garantia de seus direitos e deveres. Encontrei na LBV crianças super empoderadas e conscientizadas quanto ao assunto que trouxemos para refletir e conscientizá-los”, afirmou a coordenadora do CRAS Liberdade.

A Legião da Boa Vontade – LBV em Campina Grande desenvolve diariamente atividades socioeducativas e oficinas temáticas de valorização à vida com centenas de crianças, adolescentes e idosos oriundas das comunidades de Velame, Novo Horizonte, Novo Cruzeiro, Ressurreição, Distrito Industrial e Mecânico. Sua sede está localizada na Avenida João Wallig, s/n  - Bairro de Novo Horizonte – Informações: (83) 3341.1426. Participe e colabore com o trabalho empreendido pela Instituição.

Informações sobre o Dia Nacional Contra o Abuso e Exploração Sexual Infantil

A escolha do 18 de maio é em memória ao “Caso Araceli”, um crime que chocou o país na época. Araceli Crespo era uma menina de apenas 8 anos de idade, que foi violada e violentamente assassinada em 18 de maio de 1973. Este crime, apesar de hediondo, ainda segue impune. O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído oficialmente no país através da lei nº 9.970, de 17 de maio de 2000.

Fonte: Vânia Besse
Assessoria de Comunicação LBV
(81) 992327081