Pesquise uma matéria

24 de maio de 2018

NOTA: Procon/PB emiti nota, veja o comunicado.

Em face da grave crise em que o País atravessa com relação a combustíveis o PROCON/PB vem a público informar que o órgão em conjunto com o Ministério Público, através do MP-PROCON, encontra-se  atento à questão, acompanhando e monitorando o preço nos postos do Estado da Paraíba. 

Os abusos acaso encontrados, notadamente o aumento de preços, serão rechaçados e em consequência aplicada sanção administrativa de multa.


Para um eficaz trabalho o PROCON/PB conclama os consumidores paraibanos para em esforço conjunto, comunicarem aos órgãos, eventuais aumentos de preços ao setor de fiscalização, através do site, Disque-Consumidor ou ligando no número 151.

Por fim, O Procon/PB orienta ainda que todos os consumidores devem exigir nota fiscal que discrimine o valor pago por litro de combustível e a quantidade abastecida. Em casos de abuso no preço em razão da falta de combustíveis será necessário registrar a demanda no órgão que poderá ser feita pessoalmente ou através do nosso site www.procon.pb.gov.br, Portal da Cidadania, onde o consumidor pode colocar a foto da nota fiscal.

As práticas abusivas ocorrem nos casos em que há elevação injustificada do preço aproveitando-se de uma determinada situação. Para tanto, é necessária uma avaliação de cada caso. O abastecimento de postos no estado da Paraíba está sendo prejudicado pela greve geral dos caminhoneiros. O Procon já está monitorando as notas de compra e venda de combustível nos postos do estado, entretanto, a greve poderá causar desabastecimento temporário.

Denúncias… Ligar 151

Fonte: Whatsapp