Pesquise uma matéria

16 de julho de 2018

ELEIÇÕES 2018: OAB-PB inicia semana de debates com pré-candidatos ao Governo.

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional da Paraíba (OAB-PB), por meio da Comissão de Direito Eleitoral e Parlamentar, inicia, nesta segunda-feira (16), a semana de debates com os pré-candidatos ao Governo do Estado, cujos partidos possuem representação no Congresso Nacional, para conhecer as principais ideias de cada um visando o comando do Estado.

Os debates serão iniciados nesta segunda com o pré-candidato João Azevêdo (PSB). Na terça-feira (17), será a vez de José Maranhão (MDB). Na quarta-feira (18) Lígia Feliciano (PDT), na quinta-feira (19), Tárcio Teixeira (PSOL), e na sexta-feira (20), Lucélio Cartaxo (PV).
As sabatinas acontecerão das 10 às 11h.

A presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB-PB, Adriana Rodrigues, ressalta que os debates visam também “apresentar uma pauta de reivindicação da advocacia paraibana para ser inserida no Plano de Governo dos pretensos candidatos e firmar compromissos com eles, caso sejam eleitos, além de parcerias precípuas com a instituição para estimular o amadurecimento institucional, a melhoria da qualidade de vida da população, do acesso à Justiça e a outros direitos fundamentais, sociais e individuais”.

Cada participante do evento terá 25 minutos para expor seus planos de governo à plateia. Em seguida, haverá a concessão de pelo menos 20 minutos para perguntas – que serão elaboradas com base nos documentos das Propostas da OAB-PB para as Eleições 2018 –, dos quais 15 minutos estão reservados para o pré-candidato (a) formular as suas respostas. Duas perguntas serão feitas por advogados e uma pelo público presente.

Na sequência, cada pré-candidato(a) terá até 10 minutos para suas considerações finais e o encerramento ocorrerá após a entrega do documento da OAB-PB e assinatura de um protocolo de intenções.

Em respeito à Legislação Eleitoral. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Fonte: Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário