Pesquise uma matéria

17 de agosto de 2018

PROPAGANDA ELEITORAL IRREGULAR: Coligação denuncia Rádio Comunitária por propaganda eleitoral irregular e pede multa de mais de R$ 100 mil.

Nessa última quarta-feira (15), a Rádio Comunitária Rainha FM, de Itabaiana, foi denunciada junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, por prática de propaganda eleitoral irregular em sua programação diária.

Segundo a representação, durante a veiculação do Programa Jornal da Cidade, em segunda 2ª Edição, transmitido nesta última terça-feira (14), os radialistas visivelmente extrapolaram os limites do exercício profissional e do dever de informação ao desferirem opiniões pessoais, promovendo propaganda negativas e claramente degradantes a um candidato, deixando claro a preferência pessoal dos apresentadores/radialistas por outra candidatura, o que fere a legislação eleitoral, por utilizarem o veículo de comunicação, para esta finalidade, usando portanto uma linguagem que não é jornalística.


O programa é apresentado pelos radialistas Carlos Sander e por Gildo Jerônimo, conhecido por “Repórter Secreto”.

Ainda de acordo com a representação, o tom empregado nas palavras e frases proferidas por Gildo Geronimo e Carlos Sander, além da utilização de frases de efeito e de palavras duras empregadas num contexto premeditado, teriam o objetivo claramente eleitoreiro de macular a imagem do candidato.

Ante ao flagrante descumprimento da legislação eleitoral, a representação pede ainda aplicação de multa no valor de R$ 106.410,00 (cento e seis mil, quatrocentos e dez reais) e suspensão da programação normal da Rádio Comunitária Rainha FM, pelo prazo de 24hs, além de multa no valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) a cada um dos radialistas.

Fonte: Paraíba Debate

Nenhum comentário:

Postar um comentário